Baixe o Informativo da AFABB
Diretorias Anteriores

  • teste1

quarta-feira, 23 de março de 2016

eli

Faleceu hoje Eli de Souza Figueira.  Ele não era bom. Era ótimo.  Nos deixou depois de sete anos de luta destemida contra um câncer maligno, insidioso e agressivo. Eli lutou bravamente. Fez inclusive transplante de medula.  Quimioterapia. Radioterapia. Tudo que foi possível. O câncer recuava mas não dava tréguas. Parecia que ia ser derrotado. Mas aí, de repente, voltava. O Eli não se queixava da desdita. Guerreiro, lutava. Tinha gosto pela vida. Tinha por que sobreviver. Esposa, a  querida, inseparável e infatigável companheira Clara, filhos e netos a quem ele muito amava. Apreciava música, pintura, teatro, literatura, dança. Apreciava a vida.

O cancer não conseguiu afasta-lo de seus afazeres. Aposentado do BB, primeiro trabalhou na fundação da PUC, depois foi para a AABB Porto Alegre, como vice presidente cultural, e para a AFABB RS, como vice presidente financeiro e diretor responsável pelo informativo. Exerceu suas tarefas sempre com empenho, zelo, dedicação, seriedade e responsabilidade, dando uma grande contribuição a ambas as entidades.

No ano passado, por ocasião da festa de final de ano da AFABB RS, o Eli foi homenageado porque estava fazendo vinte anos que ele editava o informativo da associação. Vinte anos não é pouca coisa. Vinte anos dos quais sete com câncer.  Não é pouca coisa, repito.  O informativo, bimensal, era feito com carinho e correção.  Eli se preocupava com os detalhes.  Queria perfeição. Na sexta feira passada, já internado no hospital onde morreu, corrigiu o último número do informativo. Fez questão de examina-lo e opinar.

O Eli esteve sempre do meu lado em todos os instantes de minha gestão como presidente da AFABB RS. Contribuía com sugestões, me apoiava nas decisões, estava sintonizado com minhas ideias e com meus planos de trabalho.  Sempre de uma maneira fraternal, revelando-se grato por algumas situações jurídicas que tive oportunidade de ajuda-lo. Considerava-o meu amigo e excepcional colaborador.

Estou realmente desolado com a perda desse guerreiro das boas causas.  E´ mais uma estrela no céu. Uma perda lamentável. Na flor da idade, setenta e cinco anos. Nunca vou esquecê-lo.  Realmente, mais um bom que nos deixa. Que descanse em paz.  Valeu  Eli!

Rua Uruguai, 300 11º Andar, Centro | CEP 90010-140 | Porto Alegre - RS | Fone (51) 3212.2920 - 0800-703-2920 | contato@afabb-rs.com.br
MSBNet