Baixe o Informativo da AFABB
Diretorias Anteriores

  • teste1
  • teste2

CASSI: SUSTENTABILIDADE ???

Desde Janeiro de 2015 o assunto CASSI/SAUSTENTABILIDADE vem sendo discutido entre entidades do funcionalismo, Banco do Brasil e CASSI. Inúmeras reuniões foram realizadas durante estes quatro anos. A AFABBRS durante este tempo participou de varias reuniões promovidas pela FAABB e ANABB em que o tema foi discutido. Numa primeira Assembleia da FAABB em junho de 2015 firmamos posição defendendo algumas premissas que, mesmo frente a situação deficitária da CASSI, deveriam ser preservadas nas discussões que se seguiriam, tais como: FOCO NA PERENIDADE DA CASSI, PRESERVAÇÃO DO ÍNDICE DE 60% x 40% NAS CONTRIBUIÇÕES DO BANCO E DOS ASSOCIADOS, PRESEVAÇÃO DA SOLIDARIEDADE, MANUTENÇÃO DOS DIREITOS JÁ CONQUISTADOS, entre outras. Naquela reunião, GT formado por diversas Associações de Aposentados elaborou uma primeira proposta a ser apresentada ao Banco e CASSI. A partir dai muitas reuniões da MESA DE NEGOCIAÇÕES (BB-FAABB-ANABB-AAFBB-CONTRAF-CONTEC) foram sendo realizadas e, apesar do agravamento da situação da CASSI e do tempo decorrido, não se chegava a uma conclusão. Em setembro de 2018 o Banco do Brasil apresentou proposta de reforma dos Estatutos da CASSI que, por sua amplitude, mudança de direitos adquiridos e açodamento com que levada ao conhecimento dos Associados sem tempo para uma melhor análise de suas propostas, resultou rejeitada por mais de 90.000 associados em votação histórica do Corpo Social da entidade. Em novembro de 2018 as Entidades do Funcionalismo, por unanimidade, apresentaram ao Banco nova proposta, que contou com a chancela de técnicos da CASSI e preservava as premissas acima mencionadas. Entretanto, o Banco não se manifestou oficialmente a respeito do que lhe foi apresentado. Agora em março de 2019, foi colocada na Mesa de Negociações proposta do Banco do Brasil chamada de PROPOSTA FINAL PARA GARANTIR A SUSTENTABILIDADE DA CASSI com a informação de que “o Conselho Diretor do BB não aceita qualquer alteração na proposta apresentada, que deve ser levada para consulta junto ao Corpo Social”. A CONTRAF, a AAFBB e a ANABB, por seus órgãos diretivos manifestaram concordância com a proposta. A CONTEC não concordou com a mesma. A FAABB, até o fechamento deste Informativo (15.04.19) não tomou posição, mas tem AG marcada para 26 de Abril quando deverá posicionar-se.

Apresentamos este breve histórico dos acontecimentos com a finalidade de manter nossos Associados informados do assunto, a exemplo do que temos feito através reuniões e publicações em nosso site. Temos convicção de que, bem informado, o associado terá plena condição de manifestar-se na Consulta ao Corpo Social que a CASSI promoverá, provavelmente, na segunda quinzena de maio próximo. Lembramos a todos que a proposta, tal como redigida, NÃO garante a preservação do índice 60% x 40% de contribuição, NÃO preserva o princípio da solidariedade, INSTITUI cobrança por dependentes de forma diferente para funcionários da ativa e funcionários aposentados, além de NÃO garantir a PERENIDADE da CASSI, eis que traz em seu bojo a projeção de que já em 2022 a entidade voltará ser deficitária. Esperamos que as modificações que, necessariamente, deverão ser feitas no Estatuto sejam divulgadas com suficiente antecipação para análise de todos nós.

Claudio Nunes Lahorgue

Presidente

Rua Uruguai, 300 11º Andar, Centro | CEP 90010-140 | Porto Alegre - RS | Fone (51) 3212.2920 - 0800-703-2920 | contato@afabb-rs.com.br
MSBNet